Vivendo com a Depressão

É como se a gravidade fosse maior. Como se eu fosse meu próprio planeta e a gravidade fosse maior do que a da Terra.

Por isso, às vezes, é difícil sair da cama. É difícil tomar banho, trocar de roupa, ir na padaria. Tem uma força puxando você para baixo o tempo todo.

Além da força física te impedindo de seguir uma rotina comum, a cabeça… É como se seu cérebro fosse dominado pelo Tom deprimido:

Sad Tom

Esse é meu cérebro quando a depressão bate. Esse aí é o Tom com o coração partido, mas para efeitos de ilustração, serve.

Até porque, pelo menos comigo, a crise de depressão até parece um tipo de fossa. Eu me sinto  a pior pessoa do mundo, não quero falar com ninguém, não quero me mexer, só quero que o tempo passe o mais rápido possível, pular para a parte que eu fico bem e esqueci o ex. O problema é que não tem ex para esquecer, então toda a “fossa” pode durar semanas e semanas sem ter alguém para eu culpar.

“Mas, Isa, você tem um monte de amigos que se importam, alguns estão até em outros continentes e fazem de tudo pra saber se você está bem”. Pois é, eu sei. E isso me faz sentir pior, pois como pode alguém com tantas pessoas boas em volta ainda se sentir tão sozinha? A lógica não faz parte da vida quando você tá numa espiral de depressão (ou ansiedade) e seus sentimentos estão tão ajeitados quanto Taiwan depois do tsunami de 2005.

No meio disso tudo, sempre tem alguns elementos especiais que ajudam a piorar tudo. Não é culpa de ninguém, na verdade, as pessoas não são vilãs de novela mexicana e as situações não foram tramadas por essas vilãs. Mas é como se fosse. É como se tudo e todos estivessem ou conspirando contra você ou com dó ou totalmente indiferentes. E mesmo isso não sendo verdade, dói.

Dói sentir o vazio que eu carrego aqui dentro. Dói pensar que nada, ninguém, pode preencher ele a não ser eu mesma e que eu não sei de onde vou tirar essa força. Tudo dói.

E ainda tem a gravidade extra-forte do meu próprio planeta me puxando para baixo.

Anúncios

10 comentários sobre “Vivendo com a Depressão

  1. É um mal terrível a depressão; conheci pessoas que definharam, imersas nesta rede de tristezas, mas também conheci pessoas que ressuscitaram, e mudaram suas vidas de forma positiva, usando algumas estratégias psicológicas para tanto; eu acho que este é o caminho: ajuda e orientação, mesmo que seja resistente a ele.
    Psiquiatras e psicólogos entendem e podem, no mínimo, trazer conforto aos deprimidos.
    Pior e mais triste do que a depressão, é ver uma pessoa jovem e bela como você caindo neste abismo!

    Curtido por 2 pessoas

  2. Muito bem colocado esse sentimento, muito bem empregada a analogia entre
    a gravidade do planeta e a gravidade pessoal, pensando bem todos nós enfrentamos vez por outra alguns “tsunamis existenciais”. Tal experiência nos torna ainda mais sábios e capacitados. É preciso crer em si e na força Superior do Universo, que rege e transforma todas as coisas, para enfrentarmos os nossos tsunamis com a convicção de que tudo passa, e que ali adiante poderemos ser nós a oferecermos a nossa experiência a outras pessoas, afinal ficamos fortes quando passamos por uma prova e ainda mais fortes quando ajudamos outros a passarem. Definitivamente a vida não é esses dias difíceis, a vida é muito mais que isso! Tudo só precisa fazer sentido.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Muito bem descrito o sentir e o lidar com a depressão. A gravidade, a culpa, a dor… no penúltimo parágrafo você disse que vai tirar a força de você mesma, isso é fato. Porém, no meu caso, não sei se conseguiria sozinha, procurei ajuda como disseram nossos parceiros acima e hoje me sinto muito melhor. Desejo que fique bem. 🙋🏽‍♀️

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s